Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
INTERNACIONAL

Ministro apresenta programa de concessões a embaixador da Austrália no Brasil

  • Publicado: Segunda, 02 de Dezembro de 2019, 15h32
  • Última atualização em Segunda, 09 de Dezembro de 2019, 12h24

Em visita ao país, Timothy Kane reuniu-se com Tarcísio Gomes de Freitas para conhecer mais sobre o programa de concessões brasileiro 

02 alemanha

 

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, recebeu na manhã desta segunda-feira (2/12), em Brasília, o embaixador da Austrália no Brasil, Timothy Kane, e destacou as oportunidades de negócios no setor de transportes em terras brasileiras, além de apresentar o programa de concessões de ativos de infraestrutura do Governo Federal.

“O governo do presidente Jair Bolsonaro tem o maior e mais sofisticado programa de concessões de ativos de infraestrutura do mundo. Nossos ativos são bons, a remuneração é interessante e estamos removendo riscos”, afirmou Freitas. “Existe interesse claro dos investidores estrangeiros pelo país, porque os juros estão baixos em termos globais e o retorno dos nossos projetos é atrativo. Temos um plano muito bem definido e distribuído ao longo de quatro anos”, concluiu o ministro.

Freitas destacou também que a carteira de projetos do ministério projeta ao menos R$ 217 bilhões em investimentos pelas próximas décadas, no setor de portos, ferrovias, rodovias e aeroportos quer serão concedidos até 2022. Apenas em 2019, o Ministério da Infraestrutura já concedeu à iniciativa privada 13 terminais portuários, 12 aeroportos, uma rodovia e uma ferrovia. “Deveremos ter no ano que vem dois leilões de ferrovias, sete leilões de rodovias, 22 aeroportos e uma série de terminais portuários”, anunciou o ministro.

Entusiasmado com o programa de concessões brasileiro, o embaixador falou das dificuldades que seu país vem enfrentando na área de infraestrutura logística. “A infraestrutura para nós, assim como para vocês, é um tema muito importante. Temos um problema de distâncias que precisam ser sanadas rapidamente. Ficamos bem impressionados com o programa de concessões do Brasil,” destacou Kane.

 

Foto: Alberto Ruy

Assessoria Especial de Comunicação

Ministério da Infraestrutura

registrado em:

Notícias Relacionadas


Fim do conteúdo da página