Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
CONCESSÕES

Infraero transfere gestão do Aeroporto de Aracaju para empresa espanhola

:: :
  • Publicado: Quinta, 20 de Fevereiro de 2020, 14h05
  • Última atualização em Quinta, 27 de Fevereiro de 2020, 13h56

Aena Desarrollo Internacional, vencedora em 2019 do leilão do Bloco Nordeste, assume as operações a partir desta quinta-feira (20)

A partir desta quinta-feira (20/02), a Infraero entrega as operações do Aeroporto Internacional de Aracaju-Santa Maria/SE para a empresa espanhola Aena Desarrollo Internacional. A nova gestora foi vencedora do leilão do Bloco Nordeste, ocorrido em 15 de março de 2019, no qual arrematou também os terminais de Campina Grande/PB, Juazeiro do Norte/CE e Maceió/AL, que já estão sob a administração da empresa; e ainda João Pessoa/PB e Recife/PE, que se encontram em Plano de Transferência Operacional (PTO).

Intitulado Bloco Nordeste, o conjunto de aeroportos foi leiloado por R$ 1,9 bilhão, com ágio de 1.010% em relação ao lance mínimo inicial de R$ 171 milhões. De acordo com o contrato de concessão celebrado entre a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e a nova gestora, a estimativa de investimento para os aeroportos do Bloco Nordeste ao longo dos próximos 30 anos é de R$ 2,153 bilhões, sendo que um terço, ou R$ 788 milhões, serão aplicados nos próximos cinco anos. 

“Quero agradecer o apoio e a dedicação dos profissionais da Infraero que contribuíram para que esse processo de transferência da gestão ocorresse da melhor forma possível”, ressaltou o presidente da Infraero Brigadeiro Paes de Barros. Paes de Barros acrescentou ainda que os demais aeroportos operados pela Infraero continuarão a ter o mesmo bons níveis de performance até que as atividades sejam totalmente transferidas à iniciativa privada. 

A Infraero já finalizou as transições dos aeroportos dos blocos Sudeste e Centro-Oeste, e segue a fase de Operação Assistida nos demais aeroportos do Bloco Nordeste, que continua até o início de março deste ano. “Seguiremos contribuindo com a diretriz do Governo Federal, operando todos os terminais com os mesmos níveis de qualidade e segurança até que as atividades sejam transferidas à iniciativa privada”, afirmou.

SOBRE O AEROPORTO - O aeroporto da capital sergipana tem capacidade para receber até 4 milhões de passageiros ao ano. Atualmente, operam no terminal as companhias Azul, Gol e Latam, com voos regulares que ligam Aracaju às cidades de Guarulhos/SP, São Paulo/SP, Rio de Janeiro/RJ, Brasília/DF, Salvador/BA e Recife/PE.

Localizado na Zona Sul da cidade, o Aeroporto de Aracaju-Santa Maria atende, principalmente, executivos e turistas em busca de negócios, de lazer e dos passeios que a região oferece. Além disso, o terminal conta com operações diárias de helicópteros, que transportam funcionários para as plataformas de petróleo do litoral de Sergipe e de Alagoas.

 

Assessoria de Imprensa – Infraero

registrado em:

Notícias Relacionadas


Fim do conteúdo da página