Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
TRANSPORTE RODOVIÁRIO

Planilha para cálculo de frete de transporte rodoviário de cargas está disponível

  • Publicado: Quinta, 24 de Setembro de 2015, 13h17
  • Última atualização em Quinta, 24 de Setembro de 2015, 15h47
  • Acessos: 53290

A planilha de simulação dos custos de operação do transporte rodoviário de cargas já pode ser utilizada por empresas de transporte, caminhoneiros e demais usuários, como referência para o cálculo do frete. A ferramenta, elaborada por técnicos da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), foi uma das reivindicações atendidas por meio do Fórum Permanente para o Transporte Rodoviário de Cargas (TRC) que reúne mensalmente representantes dos setores interessados no assunto (transportadores, embarcadores, empresário, caminhoneiros e representantes do governo federal). A tabela está disponível no site da ANTT. “É a realização de um dos compromissos assumidos pelo governo federal para atender a categoria, essencial para a economia, ao possibilitar que mercadorias estejam ao alcance da população de um extremo a outro do país”, disse o secretário de Política Nacional dos Transportes (SPNT), Herbert Drummond, do Ministério dos Transportes, coordenador do Fórum TRC.


Na próxima reunião do Fórum, que acontecerá no próximo dia 30, representantes da ANTT irão orientar como utilizar a planilha de simulação de custos de frete para realizar o cálculo.A planilha foi elaborada com base na metodologia apresentada pela Resolução ANTT nº 4.810, de 19 de agosto de 2015, e oferece questões para o usuário calcular custos fixos mensais, custos variáveis por quilômetro e operações de transporte, tais como o quantitativo de horas trabalhadas pelos motoristas, tempo empregado para carga e descarga e a velocidade média do veículo. Como custos mensais fixos, são relacionados, por exemplo, o valor do veículo, depreciações e tributos. Entre os custos variáveis, estão pneus, manutenção do veículo e combustíveis.


Desde o início das reuniões do Fórum, em 24 de junho deste ano, os assuntos em destaque são a renegociação das dívidas referentes aos financiamentos de caminhões; pontos de parada e descanso; licenciamento ambiental para produtos perigosos; e revisões de normas relacionadas ao transporte rodoviário de cargas. As reuniões do Fórum poderão ser acompanhadas em tempo real pelo link http://vc.transportes.gov.br.

 

registrado em:

Notícias Relacionadas


Fim do conteúdo da página