Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
PORT COMMUNITY SYSTEMS

Secretaria Nacional de Portos e Transportes Aquaviários realiza reunião para implantação do “Port Community Systems”

  • Publicado: Terça, 10 de Dezembro de 2019, 15h53
  • Última atualização em Sexta, 17 de Janeiro de 2020, 00h26

Projeto vai aumentar a competividade e eficiência dos portos brasileiros, além de otimizar os processos logísticos do transporte aquaviário de cargas

 

IMG 8894

A Secretaria Nacional de Portos e Transportes Aquaviários realizou, em Brasília, a primeira reunião para implantação do projeto “Port Community Systems”, que conta com o apoio do “Prosperity Fund”, fundo de cooperação do Governo Britânico. A expectativa é que o novo sistema aumente a produtividade dos portos nacionais, reduza o tempo das embarcações atracadas e diminua as despesas para os importadores e usuários dos terminais brasileiros.

O projeto vai identificar a necessidade das comunidades nos portos de Santos (SP), Rio de Janeiro (RJ), Suape (PE) e Paranaguá (PR). A ideia é que seja realizado um mapeamento de processos e oportunidades para melhorias de sistemas e coordenação entre as empresas que desenvolvem atividades ou utilizam os serviços prestados pelas autoridades portuárias. “Iremos realizar seminários em cada comunidade portuária, detalhando como será o processo de implantação da plataforma, que ainda está em desenvolvimento. Será um sistema totalmente integrado”, enfatizou o Secretário Nacional de Portos e Transportes Aquaviários, Diogo Piloni.

Ele explicou que o evento foi um importante passo para criar mecanismos para otimizar processos, desburocratizar o tratamento da carga e dinamizar o comércio exterior brasileiro. “Essa inciativa é uma grande oportunidade para os portos brasileiros. Precisamos de ações e ferramentas que visam melhorar os processos logísticos, além de aumentar a eficiência e competitividade do setor”, destacou.

PROSPERITY FUND


Para implementar o projeto, o “Prosperity Fund” contratou um consórcio de empresas liderado pela Palladium UK, com participação da Aliança Procomex, EY Brasil e da USP – Universidade de São Paulo, que é responsável pela realização do worskshop. O evento também teve apoio da própria secretaria, das autoridades portuárias e dos gestores do programa Portal Único de Comércio Exterior (Receita Federal do Brasil e SECEX). O Prosperity Fund é financiado pelo Ministério das Relações Exteriores Britânico e proporciona assistência ao desenvolvimento dos países componentes da listagem do Comitê de Ajuda ao Desenvolvimento da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico).

PROGRAMAÇÃO DOS SEMINÁRIOS:


Dia 10/12 – Porto de Santos
Dia 11/12 – Porto do Rio de Janeiro
Dia 12/12 – Porto de Suape
Dia 13/12 – Porto de Paranaguá

 

 

Assessoria Especial de Comunicação
Ministério da Infraestrutura

Fim do conteúdo da página